Domingo, 12 de Junho de 2011

Escola e Comunidade de mãos dadas

Mercado Medieval em Boliqueime

A sociedade habituou-se a ver na Escola um mero instrumento. O instrumento a que todos temos o direito de tudo exigir e ao qual nada somos obrigados a dar.

Exigimos que seja a Escola o «depósito» dos nossos meninos enquanto estamos a trabalhar ou até a preguiçar mas, quando somos chamados a uma reunião de pais, raramente temos tempo para gastar duas horas a saber como podemos colaborar.

Exigimos à Escola que ensine às nossas crianças e aos nossos jovens tudo aquilo que lhes há-de fazer falta na vida e para a vida, libertando-nos, assim, da maçada de termos de explicar-lhes o que eles devem fazer e como devem fazer.

Exigimos à Escola que eduque convenientemente os nossos filhos, incutindo-lhes princípios de vida, formas de convivência em sociedade e normas de vida democrática, como se não fossem as Famílias as primeiras responsáveis por essa educação.

Por sua vez, a Escola enforma-se num mundo fechado à Sociedade e à Família, onde só ela tem o direito de definir o que - e como – ensinar; um mundo especial, de especialistas, um mundo, a vários níveis, aristocrático e elitista.

Essa é a norma geral que todos nós, em maior ou menor grau, experimentámos. Mas esta regra geral admite, felizmente, honro-síssimas excepções, em que a vida escolar se abre à comunidade e em que esta corresponde, grata e entusiasticamente.

Fui convidada, há dias, na qualidade de autarca municipal, para participar, em Boliqueime, numa dessas demonstrações de mútua participação: a representação dum mercado medieval, em que alunos e professores foram promotores e protagonistas principais.

A comunidade boliqueimense respondeu positivamente. O resultado foi uma festa, um dia diferente, uma alegria de cor e movimento.

 

Para acabar com a dicotomia Escola/Sociedade, é pouco? É!

Mas foi um primeiro passo. E sabemos que um primeiro passo é sempre o mais difícil de dar.

Por isso saúdo Boliqueime e a sua comunidade escolar; desejando que, a este primeiro passo, se sigam, rápida e conscientemente, um segundo, um terceiro… Até que Escola e Comunidade consigam uma perfeita comunhão.

- o – o – o – o – o -

publicado por hortense morgado às 00:01
link do post | favorito

*quem sou eu

*Escreva-me

Este blog foi criado para si. Serei intérprete, junto da Câmara Municipal de Loulé, dos anseios, das sugestões ou das reclamações que os munícipes queiram enviar- me. Responderei tão depressa quanto me seja possível. hortense.morgado@sapo.pt

*pesquisar

 

*Outubro 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


*posts recentes

* LÍDER DA BANCADA SOCIALIS...

* REMANDO CONTRA A MARÉ

* SONHEI QUE PODERIA SER ÚT...

* REUNIÃO DE CÂMARA DE 11 A...

* REUNIÃO DE CÂMARA DE 28 D...

* REUNIÃO DE CÂMARA DE 14 M...

* DIA INTERNACIONAL DA MULH...

* Reunião de Câmara 29/Feve...

* R. CÂMARA 15/FEVEREIRO e ...

* Reunião de Câmara de 1 de...

* Reunião de Câmara de 18 d...

* Reunião de Câmara de 11/J...

* Ano Novo

* Onde começa e acaba o esp...

* DIA DE Nª. Sª. DA CONCEIÇ...

* Cartinha ao Menino Jesus

* UMAS «FÉRIAS» MERECIDAS

* Reunião de Câmara de 19 d...

* SEXTA À NOITE

* Lembram-se da História?

*tags

* mensagens

* noticias

* o meu diário

* reuniões de câmara

* todas as tags

*arquivos

* Outubro 2012

* Agosto 2012

* Abril 2012

* Março 2012

* Fevereiro 2012

* Janeiro 2012

* Dezembro 2011

* Outubro 2011

* Setembro 2011

* Agosto 2011

* Julho 2011

* Junho 2011

* Maio 2011

* Abril 2011

* Março 2011

* Fevereiro 2011

* Janeiro 2011

* Dezembro 2010

* Novembro 2010

* Outubro 2010

* Setembro 2010

* Agosto 2010

* Julho 2010

* Junho 2010

* Maio 2010

* Abril 2010

* Março 2010

* Fevereiro 2010

* Janeiro 2010

* Dezembro 2009

* Novembro 2009

*links

*Visitas desde 09.11.2

web tracking

*estar atento

blogs SAPO
RSS